Ataques Cibernéticos: WannaCry ganha variação mobile no ransomware SLocker

Se os usuários de dispositivos móveis não ficaram preocupados com o ransomware WannaCry por atingir apenas PCs, agora devem pensar novamente. Variações da fraude que sequestrou computadores no mundo todo foram encontradas na China tendo como alvos smartphones e tablets, informa a empresa de segurança digital Trend Micro.

O ransomware mobile SLocker é uma variação que copiou a unidade gráfica do usuário do WannaCry. Seu criador da foi preso pela polícia chinesa recentemente, mas outras variantes do SLocker começam a aparecer na web. Na amostra original coletada pela Trend Micro, a fraude surge como um item de trapaça do jogo King of Glory.

Quando instalado, o malware de sequestro criptografa arquivos do celular da vítima e em seguida muda a tela  pedindo um resgate de 20 yuans (aproximadamente R$ 10 na corretagem atual). Além de itens de trapaça em jogos, o ransomware pode surgir como guia de jogos, players de vídeos e aplicativos falsos. No entanto, a sua transmissão ainda não atingiu tantas pessoas por estar restrito a fóruns como QQ e BBS.

Ainda assim, algumas regras básicas devem ser consideradas para uma pessoa não se tornar vítima da fraude, como instalar apps só de lojas oficiais (Google Play e Galaxy Apps, por exemplo), prestar atenção nas solicitações que um app pede, realizar armazenamento de dados (back-up) regularmente e ter um antivírus instalado em seu smartphone.


Source: http://www.mobiletime.com.br/rss.rss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *