Guerra volta a treinar no Palmeiras e fica como opção para clássico

São Paulo – O Palmeiras teve uma segunda-feira de boas notícias, mesmo depois de ter perdido por 3 a 1 para o Cruzeiro, no domingo, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. O elenco se reapresentou na Academia de Futebol com novidades no gramado, em especial a presença do meia Alejandro Guerra. O venezuelano voltou ao trabalho após passar os últimos dias afastado para acompanhar a recuperação do filho e pode voltar a campo na quarta, contra o Corinthians.

Guerra se afastou do elenco na quarta-feira, no Equador, quando soube que o filho Assael, de três anos, caiu e se afogou na piscina de casa. O clube liberou o jogador dos compromissos. Desde então o venezuelano passou os dias no hospital junto com a família e sem treinar, até retornar nesta segunda-feira, já que o garoto deixou a UTI e foi para o quarto e já deve receber alta nos próximos dias.

O venezuelano participou de trabalho em campo reduzido junto com outro colega que foi desfalque na derrota no Mineirão. O atacante Miguel Borja se recuperou de uma indisposição intestinal e integrou o treino. O jogador colombiano chegou a ir ao hospital na última semana e ficou fora dos treinos anteriores, mas também fica à disposição do técnico Cuca para o clássico com o Corinthians, no Itaquerão.

Por outro lado, quem não foi a campo e está de saída é o meia Vitinho. O atleta de 19 anos, revelado pelas categorias de base do Palmeiras, foi liberado pelo clube para cuidar de detalhes da saída ao Barcelona B. O jogador será emprestado por uma temporada para adquirir experiência – pelo acordo selado entre as diretorias, já estará fixado um valor para a possível compra dos direitos econômicos.

Nesta terça-feira à tarde o elenco faz o último treino antes de enfrentar o Corinthians, na quarta-feira. O técnico Cuca vai trabalhar durante a primeira hora sem a presença da imprensa, quando vai definir a formação titular para o clássico.


Source: http://esportes.r7.com/mais-esportes/feed.xml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *