Microsoft firma acordo com bancos para impulsionar tecnologia de gestão de bitcoins

A Microsoft anunciou uma parceria estratégica com o consórcio R3, que reúne 43 instituições financeiras globais, para acelerar o uso de blockchain, tecnologia que funciona como um enorme e descentralizado livro contábil de todas as transações feitas com bitcoins (moedas digitais), que é verificada e compartilhada por uma rede de computadores global. A indústria financeira está investindo cada vez mais na tecnologia, apostando que reduzirá custos e aumentará eficiência.

Segundo o consórcio, ela permite que os bancos e as empresas participantes da rede de negócios completem transações financeiras com maior velocidade, segurança e transparência em relação às soluções atualmente utilizadas. Mas ela não se limita às bitcoins — pode ser usada também para assegurar e validar as trocas de quaisquer dados.

A plataforma de blockchain da Microsoft é baseada na nuvem e vai atender todos os bancos membros do consórcio R3. O acordo é parte da estratégia da fabricante de software para sair na frente de empresas como Google, IBM e Amazon.com. O anúncio foi feito pelo CEO da Microsoft, Satya Nadella, durante a conferência da empresa Envision, realizada na segunda-feira, 4, em Nova Orleans, EUA.

Conforme os termos do acordo, a Microsoft fornecerá ferramentas, serviços e infraestrutura de nuvem para os laboratórios que o R3 tem espalhados pelo mundo, bem como arquitetos, gerentes de projeto, assistentes de laboratório e serviços de suporte. Os laboratórios do R3 irão coordenar as experiências e certificar as implementações de blockchains.

A Microsoft irá colocar uma equipe de cinco pessoas dedicadas ao projeto, mas poderá alocar mais conforme a necessidade. Já o R3 tem 52 funcionários e continua a contratar funcionários para os laboratórios e centros de pesquisa. As empresas não revelaram o valor do investimento no projeto.

Segundo o CEO da R3, David Rutter, as primeiras aplicações comerciais da blockchain devem estar disponíveis em cerca de um ano, embora ele avalie que a adoção comercial em larga escala só irá ocorrer dentro de três a cinco anos. Os primeiros bancos que devem começar a implementação de blockchains são o Barclays, Credit Suisse AG, Wells Fargo e UBS AG.

“A parceria entre a R3 e a Microsoft irá dar dimensão o uso da tecnologia e transformar toda a indústria de serviços financeiros”, disse Rutter. “A plataforma de serviços na nuvem Azure oferece recursos avançados para criação desse ecossistema financeiro, e o compromisso da Microsoft é acelerar a adoção da tecnologia ao redor do mundo e levar a nossa oferta do R3 Lab e centros de pesquisa a um novo nível.”

A Microsoft, no entanto, não é a única a apostar na tecnologia blockchain. Outras companhias estão agora construindo suas próprias blockchains que fornecem ferramentas adicionais para a original da bitcoin. A IBM, por exemplo, tem um projeto em andamento, batizado de Projeto Hyperledger, que visa reunir esforços para padronizar a tecnologia para várias indústrias.

9 thoughts on “Microsoft firma acordo com bancos para impulsionar tecnologia de gestão de bitcoins

  1. Nice weblog right here! Also your site quite a bit up fast! What web host are you using? Can I am getting your associate hyperlink to your host? I wish my site loaded up as quickly as yours lol

  2. The iPhone weren’t getting a decent digital camera as well as its the cpu is lower than the various other mobile phones, but still it absolutely was a success! The thing that makes you think iPad’s visiting shed? . -= sebin’s previous blog site… Goose your current apple ipad tablet with such Apps! =-.

  3. Connaissez vous un livre ou un article qui différencie correctement le bruxisme du sommeil et les parafonctions diurnes? Les parafonctions diurnes sont-elles elles aussi conséquences de facteurs centraux ou influencées par les désordres occlusaux?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *